Perdas.

Eu n√£o sei, em algum momento de toda a minha trajet√≥ria eu me perdi e s√≥ agora percebi o quanto isso me afeta/afetou,eu me sinto t√£o vazia, t√£o perdida por dentro, eu n√£o sou mais eu. Eu sou s√≥ um misto de confus√£o, escurid√£o, lamentos e dor. Dizem que pessoas que “desistem” sempre d√£o in√ļmeros sinais de alerta, mas as pessoas est√£o sempre muito ocupadas no seu mundinho ego√≠sta pra enxergar esse tipo de coisa, e √© exatamente devido a isso que existem tantos casos de suic√≠dio pelo mundo, o remorso e o arrependimento ap√≥s a “desist√™ncia” sempre vai ser maior do que qualquer vontade de ajudar quando se est√° vivo, o que chega a ser at√© ir√īnico. Ningu√©m pensa em acabar com a vida, sempre tentamos acabar com a dor, com a culpa, com qualquer sentimento ruim. E qual a consequ√™ncia de desistir e querer a paz ? Desistir da vida. E tudo bem

Erros cometidos.

√Č comum a sociedade julgar algu√©m que erra, √© comum achar que uma pessoa que erra uma vez vai errar v√°rias outras, ou que a mesma vai permanecer no erro para sempre, e dessa forma considerar essa pessoa uma pessoa horr√≠vel. Mas sabe? Nada disso √© verdade, fa√ßo uso aqui agora de uma frase bastante comum “Errar √© humano”, √© da nossa natureza. Em algum momento da vida voc√™ vai errar em algo ou com algu√©m, vai machucar algu√©m, vai ter uma atitude ruim ou errada e talvez erre at√© consigo mesmo, mas t√° tudo bem porque nada disso te define, o que te define √© exatamente o que voc√™ faz com esse erro, como reage a ele, o que aprende com ele e principalmente se reconhece que errou… Erros s√£o comuns, erros s√£o da nossa natureza, s√£o cometidos para que possamos aprender com eles e evoluir, voc√™ n√£o √© imperfeito(a) ou horr√≠vel por errar, voc√™ √© apenas um ser humano fr√°gil que ainda est√° aprendendo sobre vida, que ainda est√° em constante evolu√ß√£o e que procura sempre o melhor, at√© quando acha que n√£o merece!!

SE PERDOE!ūü¶č

Sobre o amor

O amor vai bater na sua porta quando voc√™ menos esperar, vai se instalar dentro do seu peito aos poucos e fazer morada e vai ser inevit√°vel n√£o senti-lo, o amor de verdade derruba todas as barreiras que se possa imaginar, atravessa todas as dificuldades e sobrevive acima de tudo e mesmo que alguns amores n√£o tenham sido feitos para acontecer agora, um dia eles ir√£o acontecer, eles ir√£o vingar e mostrar para o mundo todo que todos os planos n√£o foram em v√£o,e as promessas ser√£o cumpridas. √Č incr√≠vel perceber que por mais que j√° se tenha falado um “eu te amo” outras vezes ( por achar que sabia o que era amor) nenhuma delas eram verdadeiras, eu n√£o conhecia o amor ainda, n√£o fazia a m√≠nima id√©ia da dimens√£o e intensidade de tal sentimento, um sentimento que faz todas as outras coisas e pessoas ao seu redor se tornarem insignificantes, que queima a pele, que d√≥i o peito, que faz as l√°grimas ca√≠rem in√ļmeras vezes porque amar √© se tornar vulner√°vel, amar √© pensar na pessoa ainda como a melhor pessoa do mundo, por mais que a mesma j√° tenha te machucado algumas vezes, o amor √© o ato mais violento, mas hoje posso afirmar com convic√ß√£o que √© o √ļnico sentimento capaz de mudar o mundo, de salvar ele. Em espec√≠fico= “Para sempre n√≥s 2”

Sobre certezas…

Eu sei que existe um muro entre a gente agora, mas minha intui√ß√£o vai muito al√©m do momento, da minha vontade e entendimento, √© uma certeza sabe? Sei que l√° na frente mesmo com todas as dificuldades estaremos juntos, crescendo juntos e finalmente concretizando tudo que a gente falava e planejava um pro outro, sei que ningu√©m nunca vai conseguir me fazer sentir o mesmo que sinto por ele, √© t√£o intenso, real e indestrut√≠vel que mesmo que eu quisesse n√£o conseguiria mudar isso (acredite eu tentei). Eu lembro de quando ele afirmou que eu tinha lhe apresentado o amor, e queria poder confessar que ele tamb√©m tinha feito o mesmo por mim, mesmo que em t√£o pouco tempo. Achei que j√° tinha amado algu√©m antes, achei que j√° sabia como era tudo isso e tamb√©m sabia como lidar com tal sentimento, mas estava errada, totalmente errada, ele que me apresentou o amor, da forma mais intensa poss√≠vel, mesmo que em meio a tantos problemas e imperfei√ß√Ķes, espero que essa voz dentro de mim esteja correta, espero mesmo que ele seja meu primeiro e √ļltimo amor. Em espec√≠fico: “Pra sempre nos 2”

Amor, entrega e espera

Por muito tempo achei que sabia tudo sobre o amor, achei que j√° tinha amado antes, achei que conseguiria lidar muito bem com tudo que envolvesse tal sentimento, mas estava errada, bastou apenas uma pessoa chegar e bagun√ßar tudo para eu finalmente perceber que na verdade eu n√£o sei de nada. √Č algo que te consome de dentro para fora, que te faz ter vontade de viver, de sorrir de se jogar de cabe√ßa e abrir m√£o de tudo para estar com algu√©m! Mas nem sempre √© como queremos, nem sempre a pessoa sente na mesma intensidade, ou as vezes a gente n√£o entende a forma do outro de demonstrar, ou talvez o outro n√£o sabe lidar com tal sentimento. nunca sabemos em que lugar estamos na vida das pessoas n√£o √© mesmo? Aprendi que amar tamb√©m √© deixar ir, que amar tamb√©m √© sobre confiar que talvez n√£o seja pra ser agora, quem sabe daqui um tempo? Aprendi que dist√Ęncia, tempo, nada abala um amor quando ele √© verdadeiro, √© algo que queima, que vive dentro de voc√™! E vai ser sempre assim, independente de qualquer coisa! Em espec√≠fico= Para sempre n√≥s 2.

P√≥s suic√≠dio…

N√£o, esse texto n√£o vai ser sobre um “vida ap√≥s a morte”, ou sobre como os seus familiares morreram junto com voc√™ no suic√≠dio, n√£o! Esse texto vai falar sobre RECOME√áO, sobre o momento que o universo toca no seu peito e lhe mostra 2 caminhos a se seguir, que s√£o: 1¬į Lutar pela vida e por todos os momentos que ainda se tem pela frente, 2¬į Desistir de tudo, se render a escurid√£o e esperar que o universo ou o que quer que acredite, decidir o destino de uma pessoa que j√° estava morta por dentro. Em uma conversa comigo mesma, decidi seguir em frente, lutar por mim e contra o monstro que habita em mim, decidi me entregar pra vida, dar a cara a tapa, SENTIR, AMAR, CHORAR, ME APEGAR E ME PERMITIR, desde ent√£o tenho vivido os melhores e maiores aprendizados da minha vida, e tenho dito que o autocuidado continua sendo o maior desafio que me proporciona medo, orgulho, felicidade e mais mil e uma coisas… Em um di√°logo com um amigo durante uma crise, eu simplismente soltei um “Relaxa, eu to bem, to acostumada” e ele sabiamente respondeu “Ningu√©m se acostuma a sentir dor” E √© isso, n√£o romantize a dor, permita-se sentir- l√°, mas n√£o a deixe fazer morada . Levante a cabe√ßa, lave o rosto e TENTE!ūü¶č

Abra√ßo= Carinho na alma

N√£o sei dizer em que exato momento os abra√ßos se tornaram algo primordial na minha vida, mas acredito que desde a inf√Ęncia, j√° que sempre foi algo que me trouxe uma paz e seguran√ßa enorme… Mas, eu n√£o estou falando de qualquer abra√ßo ou s√≥ de um toque que as pessoas chamam de abra√ßo, na verdade, me refiro aos apertados onde as almas das pessoas estabelecem uma conex√£o inexplic√°vel, onde prevalece a paz, onde traz calmaria, onde as pessoas se emtendem sem precisar dizer nada, s√£o encontros de cora√ß√Ķes puros, onde d√° vontade de fazer uma casinha e morar ali pra sempre… E porque eu t√ī escrevendo sobre isso? Bom, eu poderia citar v√°rias coisas, mas em espec√≠fico eu diria SAUDADE, de um abra√ßo casa desses que d√° vontade de nunca mais sair dali, um abra√ßo que traz paz, seguran√ßa, conforto e at√© mesmo cor agem. As vezes chego at√© a sentir raiva da saudade de um abra√ßo que meu cora√ß√£o conheceu ontem mas parece que j√° era meu axonchego a s√©culos…

“A vida √© mesmo cheia de encontros e desencontros, e o destino zomba de cada um de n√≥s, mas sempre n√≥s oferece o melhor” *E obrigada por mais essa destino!

em específico

Talvez eu sempre tenha procurado amor nos lugares errados.‚ö°

√Č, tem dias que o mundo come√ßa a te vender uma imagem de que voc√™ sempre foi o “fracassado do amor” durante toda a sua vida, e talvez tenha sido mesmo, olhar pro seu passado e perceber que voc√™ desperdi√ßou as poucas chances que teve de dar certo com algu√©m, por simplismente ter dado errado todas as vezes que mergulhou fundo com todas as suas expectativas e for√ßas e no fim a √ļnica coisa que restou foi um cora√ß√£o partido. Chega a ser at√© ir√īnico se culpar por cicatrizes que deixaram em ti.. √Č exatamente nesses momentos que parece que o mundo inteiro tem algu√©m, menos voc√™. Eles te vendem a imagem de um relacionamento t√£o perfeito, que acabam te fazendo refletir sobre como a sua vida amorosa telm sido um desastre, e te leva a questionar sobre quando vai ser tua vez? Mas no fim voc√™ descobre que o “relacionamento perfeito” na maioria das vezes √© s√≥ uma simples faixada que as pessoas vazias sustentam nas redes sociais. E no fim sua pr√≥pria companhia sempre vai ser melhor do que qualquer outra…

“Tempo”

Tempo √© uma coisa t√£o engra√ßada n√©? Em um momento somos crian√ßas cheias de imagina√ß√£o e inoc√™ncia, e de repente, como em um passe de m√°gica, j√° n√≥s tornamos adolescentes, depois j√° somos adultos, e dessa forma a vida passa despercebida e a gente nem v√™… Hoje, revirando conversas/ fotos “antigas”, percebo o quanto o tempo √© valioso, e o quanto pessoas s√£o passageiras, a um tempo atr√°s, existiam pessoas das quais eu jurava que a conex√£o seria pra sempre, mas acabou. Talvez por falta de di√°logo ou por imaturidade, ou talvez porque era apenas um ciclo que ja tinha se desgastado e devia ser encerrado. √Č preciso acreditar, que a vida √© formada de ciclos, cheia de altos e baixos. E que por tr√°s de tudo sempre existe um prop√≥sito. Ningu√©m sai ileso de ningu√©m, todos n√≥s sempre herdamos algo de cada pessoa que cruza nosso caminho. Talvez, aquele amor que tu jurava ser eterno e acabou, veio apenas te preparar pra algu√©m que tu realmente merece, talvez aquela amizade que tanto te machucou, veio apenas pra te ensinar que n√£o se deve confiar em qualquer pessoa.

” Aproveite cada segundo da sua vida, antes que ela passe despercebida”

√Č voc√™ por voc√™ sempre!

Nas madrugadas dif√≠ceis quem est√° l√° por voc√™? Voc√™ mesmo. S√£o exatamente 1:50 da manh√£, e meu peito parece que vai explodir de tanta ang√ļstia, tem dias que por mais que voc√™ tente inspirar, o ar parece n√£o ser suficiente e seu pulm√£o parece falhar no trabalho. Nem sempre voc√™ da conta de tudo, e t√° tudo bem, todo mundo precisa de descanso as vezes. Tem dias que o seu corpo te convence de que est√° tudo bem, que voc√™ j√° superou toda essa confus√£o que se chama ansiedade e quando cai a noite, ela vem com tudo. Tira seu sono, sua paz, seu fol√™go, sua criatividade e sua vontade de viver, a cada segundo no intervalo de tempo de uma crise, voc√™ sente seu peito rasgando de tanta ang√ļstia, √© como se a qualquer momento algo p√©ssimo pudesse acontecer, a cabe√ßa vira uma bagun√ßa s√≥. E no fim a sua vida acaba se tornando sobre quantas vezes voc√™ poderia ter desistido e continuou tentando…